segunda-feira, 9 de março de 2009

Sem tesão não há solução

É difícil falar sobre inspiração. A tal, parece-me, só é mais procurada na sua ausência. Quando ela aparece arrebatando, sequer se discute por onde a bendita andava, a fim de tão lógo executá-la contagiosamente. Buscando entender os mecanismos da inspiração - ou da falta dela, cheguei a uma conclusão de que o entusiasmo criador só se confunde mesmo com a excitação sexual, ou as fases do libido masculino. A comparação é tiro e queda, veja: Inspiração não escolhe hora nem local para aparecer. Quando resolve dar as caras é como para um garoto entrado na puberdade e a sua missão impossível de controlar a, digamos, 'insuflação divina' nas horas incertas. Só sabe os que conhecem a testosterona. Contudo, o constrangimento ou incoveniência do momento não impede sentir-se orgulhoso de um sucesso tão fulgurante. Afinal só dos relâmagos de inspiração surgem as grandes idéias. E nada tão heróico e encorajador como uma boa idéia. Entre os momentos de inspiração, há um período intermediário. É o intervalo em que já conhecemos alguma coisa do nossa potência, tendo um quase total controle sobre ela, e a custo condicionamos a inspiração para horas mais propícias. No meu caso, geralmente à noite, antes de dormir, se não tiver com dor de cabeça. Pode não ser a melhor e a mais esperada, mas também um tesão nenhum pouco desdenhável. Por fim, deve-se admitir os períodos de total escassez de inspiração. Alguns recorrem até à auto-ajuda. Pois é, minguam umas poucas idéias meia-bomba, e só. E essas nem valem o esforço. Parece como se calassem as idéias, deixando o homem profunda e constrangedoramente abatido, apenas com os ecos das suas mais excitantes idéias geniais. E foi aí que inventaram o viagra.

17 comentários:

singamaraja disse...

Singamaraja reading your blogs

Luan Fernando disse...

Muito bom, bastante criativo, gostei!

Abraço

Ps: Desculpa, sem nenhuma expiração pra comentar.

thaysa disse...

nao sabia q vc tinha um blog.
gostei do texto, principalmente da ideia de intervalos.
beijos, amore

Aline disse...

E uma ideia dessas, com certeza, só poderia sair da cabeça de um homem!;)

Beijos

Carolina disse...

No meu caso, geralmente no meio de alguma explicação sobre física quântica, ou no ônibus. As vezes no banho.
Adorei, mesmo! Assim como coisas que só coração de mulher apaixonada consegue dizer, outras tantas só a mente masculina é capaz de matutar. E, admito, invejo tal capacidade, fazer o que? haha

Um beijo ;*

Bruno disse...

Sendo assim, sou eternamente inspirado! hahaha
Acho que nunca larguei a puberdade, as vezes me preocupo.
Abraço!

Bruno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago disse...

hahaha sei lá, acho que boas ideias partem sempre do seu dia, das coisas que teu faz, eu costumo não parar de ler!

andré disse...

hahahahahahaha
o que seria das mulheres sem as idéia "noturnas" masculinas?
estariam aí, à mingua :P

Roberto Ney disse...

às vezes a inspiração vem de onde menos esperamos.
mas seu texto subiu mesmo sem viagra ou pramil, heheheheh
abraço!

Fabio Fernandes disse...

Gostei bastante da analogia. Mas gostaria de saber se você sabe qual é o viagra para a inspiração???

Eu já tentei achar um e não encontrei. E percebi que a paixão e o amor, são coisas que inflam a inspiração, assim como a incerteza.

Enfim, cada um tem seu jeito de alcancar o máximo de performance. Tanto faz o assunto abordado ou o sentimento que lhe preenche, de tudo sempre se tira inspiração. Até da falta dela... ;)

Abração.

giu. disse...

gostei muito do seu texto. :)

giu. disse...

gostei muito do seu texto. :)

giu. disse...

gostei muito do seu texto. :)

Mia disse...

Tudo verdade! =P

I'm back, baby!

=*

Alê Quites disse...

boa!
Pura criatividade.
Beijos

Gilmara disse...

Oi!!

Super criativo!!

'insuflação divina' Hahahaha

Abração!

Gil