quarta-feira, 25 de março de 2009

das perguntas sem respostas

Vivemos a procurar a nós mesmos. Mas vem cá, e como será no dia em que nos encontrarmos?

5 comentários:

Maria Inácia Bellico disse...

Eu acho que seria assim: E aí tudo bem? Olha, eu andei léguas pra te encontrar e você tá aqui? Anda me dê um abraço, volta comigo, preciso de você. Mas na verdade era apenas uma miragem. Podemos também sempre estarmos conosco, e não percebemos.

Bjim*

Maria Inácia Bellico disse...

Eu compliquei. Que embolação!

Milena disse...

Será ótimo! Mas tb meio decepcionante... Sabe qdo vc tem uma expectativa gigante e depois pensa: "só isso??".
Pois é... acho que seria assim...

bjo

Carolina disse...

Penso bem assim: Oi estranho, por onde andaste? Ah, deixa pra lá, não me importo mais não. Diga-me, quem és? Sempre quis saber. Ou não diga não. Não, não diga. Pare de dizer! Vá embora, vá. Se esconda outra vez, cara. Deixe-me aqui sem mim, bem estou.

Ana R. Barbosa disse...

Acho que começaremos a procurar outra pessoa, como se não nos reconhecessemos... aff!
Legal seu blog! =)