sexta-feira, 11 de abril de 2008

We Know You´re No Good

Nesse Candy Shop do fantástico mondo da POP music é difícil saber, dentre tantas opções, qual delas é a jujuba mais gostosa: Rihaninha ou Fergie? Beyoncé ou Shakira? ou para lá do Reino Unido, qual das Lolipops britânicas leva o status da voz mais doce: Corinne, Lily Alien...? Não longe da disputa, a tiazinha Madonna também pega 'pesado' com seu novíssimo e enjoativo 'Hard candy'.

Mas no meio de tanta guloseima wannabe sweet, dois fenômenos de venda e mídia conseguem se destacar por Azedarem, de forma contrariamente propocional, todo o mel da outras 'última bolacha do pacote': Nonô e Awy Winehouse. Que só são o que são em razão do que não são. (Se é que me entendem).


Ridicularizando a ditadura beleza, subvertendo o papel da boa moça, achincalhando fãns e 'dando' de comida comer pra paparazzis, entre surras, despenteios, fichas corridas, overdoses, rehabs e capitulares aparições troçando de si mesmas, Bitch e Amy - fazendo-se justiça ou não - mostram o quanto elas são um fenômeno mais que necessário.


E não adianta procurar explicação. Quanto mais fudidas ferradas, melhor pra nós. Todas as aberrações que elas protagonizarem será revisto. E visto dinovo!


A volta por cima de Britney era coisa óbvia demais. Todo seu reconhecimento deve-se a inimaginável atenção provocada pela sua volta por baixo. E não acredito que com Amy a coisa possa ser diferente. Não me atreveria a imaginar o seu retorno, porque provavelmente vai mais longe do que o meu delírio mais insano pode imaginar. Eu só rezo pra que não seja num caixão.


_______________________________________________________________________________
Tears dry on their own - Amy Winehouse - 2007



18 comentários:

Milena disse...

Hey! Obrigada pela visita! Adorei seu blog!

Posso falar? Morro de pena dos filhotes da Britney...

beijos

Fê Guimarães disse...

Acho a Amy fenomenal! Não consigo parar de ouvir sua voz tão peculiar, que dá as músicas um quê de nostalgia, daquela gostosa de sentir. "Tears dry" é fodástica! A música, a letra, o clipe...

Já Nonô, se não tem a mesma qualidade artística de Amy, com certeza tem o mérito de estar sempre na mídia, no matter what. Sou muito mais ela hoje do que quando era aquela coisinha água com açúcar adolescente.

Jackie Götzen disse...

Gente esta barriga da Britneida...é quando ela tava grávida???

Ah...sobre uns post abaixo...post das coisas que vc ainda quer fazer! Fiquei curiosa!!!!

Lulu on the Sky® disse...

Apesar da Amy ser drogada, as músicas delas são ótimas. Pena q ela vai adiar a gravação do 3º disco q estava previsto pro final desse ano.
Big Beijos

Séfora disse...

Quanto a Britney, acho que ela deveria estar fadada ao fracasso, mas de tanto que o povo gosta de lixo, ainda deve fazer sucesso por uns tempos. A Amy tem uma voz incrível (e canta ao vivo), mas precisa sobreviver a si mesma. heheehhe
Valeu pelo comment la no blog :)

Helen disse...

Mas sabe que até na contravenção eu acho a Amy mais original?

A Brit atormentadinha me dá nos nervos...

bjk!

Lile disse...

Acho a Amy muito bacana. Até no jeito louco dela. E a voz... afff...

Bjo

.Ná. disse...

Eu gosto da Amy mas nao gosto da Bitch.
Mas as minhas gordurinhas estão piores que as dela no gordelicius award.... ahahaha

Bjo

Cansei de ser abduzida disse...

Essa fotenha da Britney me dá MEDO!

socorrooooooooooooooo!


beijos.. te cuida bem!

Nícholas Fernandes Gimenes disse...

hahhahaha "missão impossível" foi ótima!

:-P
http://www.youtube.com/watch?v=d-GEJri7HuI

Cara, curti seu blog!! vou acompanhar seus próximos posts!!

abraço, se cuida!

Rafael Campos disse...

eu entendo a britney demais... ela é bem mais esperta do que a gente deveria achar que ela é e consegue se envolver com os melhores photoshopeiros de todos... já da amy eu nao falo nada pq eu pago pau pra ela... chuparia as perebas dela, lamberia o buraquinho do dente dela... tudo em quanto

Biani Luna disse...

Aff, é triste, né?! Mas que a gente gosta, a gente gosta! Só que veja só...a britney depois de ficar mt doida lançou seu melhor álbum, e a Amy é talentosíssima...então só posso tirar uma conclusão não muito lícita :P:P:P

San Lee disse...

Adoro a Amy!

A Nono me dá "meda" hoje em dia, mas ainda gosto dela.

Valeu pela visita! Apareça mais vezes.

Seu blog tá bem legal!

boo disse...

haha, essa foi boa! (em relação ao comentário que você deixou no meu blog). quase roubei pra editar o post! huauhahua...

e eu tenho medo da amy. oO

sieger disse...

Amo a Amy e eu gosto de algumas fases da Brita. Conhece Duffy? tipo "peguei a pegada da Winehouse". Eu ainda gosto da Shakira (mesmo fazendo sexo a 3 com o marido e o Alejandro Sanz) e Paulina Rubio... Ultimamente ando viciado em Colbie Caillat e um grupo de rock mexicano chamado Motel.
Abração

Anônimo disse...

A ocasião necessita-se de um novo post!

E sua amizade torna-se cada dia mais essencial em minha vida...

Bjãão!

Anônimo disse...

Oppsss!


Natália!!

=)

Anônimo disse...

Lindo!