sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Mistério do Planeta*

Vou mostrando como sou e vou sendo como posso. Jogando meu corpo no mundo, andando por todos os cantos. E pela lei natural dos encontros, eu deixo e recebo um tanto. E passo aos olhos nus ou vestidos de lunetas. Passado, presente, participo sendo o mistério do planeta. O tríplice mistério do "stop", que eu passo por e sendo ele no que fica em cada um. No que sigo o meu caminho e no ar que fez e assistiu. (Abra um parênteses, não esqueça! que...) Independente disso eu não passo de um malandro. De um moleque do Brasil, que peço e dou esmolas. Mas ando e penso sempre com mais de um, por isso ninguém vê minha sacola.





______________________________________
*Novos Baianos - 1972

7 comentários:

Lile disse...

Oi, moço! Eu adoro essa música. Na verdade, eu adoro esse disco. Adorei vê-la aqui
Bji

boo disse...

poisé, achei genial. designer é bem assim mesmo. kkkkkk...

eu também não conhecia esse cara não... achei a tirinha num site aleatório. pra ser bem sincera nem lembro aonde! mas a-do-rei... mereceu ser colocada no meu blog... kkk

bjão.

Renata disse...

O seu comentário lá no meu blog foi o mais lindo do mundo! Só tenho que agradecer! :-)))
beijão

Cin disse...

Gostei daqui :)
Beijoss!

Rafael Campos disse...

acabou chorare é um dos poucos discos em que todas as musicas sao perfeitas

Mia disse...

Perfeitosa!!

Nem queira saber o que tem na minha sacola... ;P

Mary West disse...

Bah os misterios sempre farão parte da nossa essencia.