quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Domingo passado, já no final de expediente da rotina da insônia, assistia à premiação do Oscar, transmidida pela Globo. Acompanhava a morna edição, de rabo de olho, esperando a entrega da estatueta à melhor atriz do ano. Havia uma torcida discreta para francesinha Marion Cottilard, que "reviveu" a presença do ícone Edith Piaf. Sim! Havia.. pois uma tocida discreta pede um sujeito indeterminado, né? ;] Fui dormir regozijado!
Quem assistiu ao filme, não deve ter feito diferente.
Uma beleza de Coscarque! ...e com direito à palhinha:



Rappelle-toi tes amours
Rappelle-toi puisque c'est ton tour...

9 comentários:

Priscila M.R. disse...

Ae amigo... muito obrigada pela correção.
Teu Blog tb não é ruim não.

So isso a dizer. Por enquanto

Ana Fontes disse...

Te "linkei" lá no meu, tá?!
Se conheço os meus "visitantes" eles vão curtir passear por aqui!
:)

Jana disse...

E o abraço dela quando recebeu o oscar, dos mais lindos de se ver.

beijos

Jana disse...

E o abraço dela quando recebeu o oscar, dos mais lindos de se ver.

beijos

Lili Marlene disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

si il m’aime

Ice Ice Baby disse...

Piaf! Piaf!

é pra ler assim ó: "Piafê, piafê!" com aquele tom de torcida em pleno Maraca!


Très jolie mesmo! Super q recomendo!

bjs chuchu!

clara disse...

comment do comment:

consuma-se! finda-se no que se interrompe. Consome tempo, paciência e não poucos sentimentos - mansos e ferozes... numa palavra: gastura! aff

Jackie Götzen disse...

vixe em anos, pela primeira vez....esqueci de ver o Oscar!

Bem vindo ao AllSTAr!